sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

COMO CHEGAR AO PARAÍSO...

  



Não quero ficar aqui dando receitas. Mesmo porque elas podem não servir a você. Cada um de nós deve encontrar sua própria e particular e conforme caminha ir fazendo os ajustes necessários. Todavia ouso sugerir alguns caminhos, que se adaptados a realidade de cada um, serão de grande valia.

A melhor forma de ser feliz e de estar em constante alegria, em sintonia com seus mais íntimos desejos, e com isso participar ativamente do processo de criação nesse mundo físico maravilhoso é sem dúvida entrar em contato consigo mesmo. Com seu SER interior. 

Mas como chegar a você mesmo? Boa pergunta, né?! Sem querer oferecer receitas, mas já oferecendo, sugiro aqui alguns pontos para a SUA reflexão:

1 - Adquirir o hábito de observar. Construir em você um prazer desinteressado em se observar e ao mundo ao seu redor. Pelo simples prazer de fazer.

2 - Soltar é o verbo! Sim! desapegar, largar, aprender a amar sem ter que grudar e agarrar como se fosse a última cereja do pote. As cerejas são infinitas.

3 - Ganhar a consciência de que já está equipado com o suficiente para avançar da etapa em que se encontra agora. Sem essa de achar que falta algo. Não falta nada. De onde está e com o que tem, dá para avançar bastante.

4 - Tenha em mente que a felicidade é uma síntese. E como tal, precisa ter todos os elementos que habitam em ti se expressando de forma equilibrada. Nada de alegria ou tristeza exagerada, mas sim a síntese das duas. E assim com tudo que é, tem e faz. Lembre-se que o que dá solidez a sua vida é a consideração que faz tanto a luz como a sombra, tanto ao bom quanto ao ruim, tanto ao que agrada quanto ao que desagrada. Tem que aceitar essa galera toda com o mesmo carinho. Lembre-se: Prefira o caminho do meio.

5 - Tenha diariamente, e com total prioridade, momentos a sós consigo mesmo. Em que possa conversar, arrumar as ideias, relaxar, brincar, ouvir boa música e desenvolver uma forma de meditação que lhe seja mais apropriada, depois de olhar o que é feito por aí, sem necessariamente copiar.

6 - Dar gargalhadas homéricas e chorar a qualquer momento, sem se preocupar se há alguma lógica nisso e sem medo de parecer ridículo ou incoerente. É necessário soltar e ter coragem.

7 - Lembrar que corajoso não é aquele que não tem medo, e sim aquele que faz mesmo com medo. Não espere o medo desaparecer para fazer algo. Faça mesmo com ele.

8 - Crenças são importantes em vários momentos da vida. Mas lembre-se de que são apenas agregados energéticos fruto da sua expressão inconsciente. A medida que desenvolve a consciência pode se desfazer delas, até que não funcione mais baseado nelas.

9 - O verdadeiro conhecimento somente advém da experiência. Sendo assim, abra-se  a ela. Experimente. Não reprima seu ímpeto de experienciar. Viemos aqui justamente para isso. Se evita novas experiências, poda a sua vida e diminui sua expressão e contribuição na expansão do universo.

10 - Pratique o sexo sem culpa. Sozinho ou acompanhado. Experimente novas formas. Evite a repetição. Quero dizer com relação ao ato em si, não necessariamente ao parceiro que pode ser o mesmo. Leia e estude sobre o assunto. Conheça o Tantra, o Kama-sutra e o Yoga. 

    Bem, são essas as sugestões. Tenho a certeza que se praticá-las, poderá sim chegar ao paraíso. Não ao paraíso da religião, e sim o seu próprio. Muito melhor e mais ao seu gosto. Desfrute!

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

W disse...

Olá Ronald! Parabéns pelo site inspirador! Seguirei...Muita Luz e Paz! Abraço.

Ronald Botelho Pinto disse...

Obrigado linda amiga!
Fique a vontade, a casa é sua!
Por favor, continue comentando e sugira temas para nos ajudar a aperfeiçoar o trabalho.